Guia completo para começar suas campanhas de email marketing

Marketing

Criar uma campanha de email que envolva seus clientes, desperte curiosidade e os leve para seu site ou loja não precisa ser algo estressante.

Já adianto que são muitas informações e, para facilitar sua vida, ao final desse texto você terá um passo a passo do que você realmente precisa para fazer sua campanha de email marketing. Meu objetivo é te ajudar a pensar numa estratégia completa desde o planejamento da campanha, passando pela importância da construção de relacionamento até a abordagem para ofertas bem direcionadas.

O email marketing é uma ferramenta que permite atingir um público altamente segmentado com baixo custo e, quando bem utilizado, torna-se um importante canal de comunicação – tanto para divulgação de conteúdo quanto para venda de produtos ou serviços. Com ele você pode:

  • Se comunicar com possíveis e atuais clientes;
  • Obter informações valiosas sobre suas preferências e, assim, aumentar as vendas;
  • Criar um relacionamento fiel e duradouro com seus clientes.

No entanto, como qualquer canal de comunicação, ele requer planejamento e estratégia para converter os destinatários da mensagem em compradores.

Antes de começar:

Dica #1: Inscreva-se em um provedor de serviços de e-mail respeitável

É impossível começar a pensar em campanha de email marketing sem ter um provedor que irá te ajudar a gerenciar os disparos das mensagens e a base de e-mails. Na hora de escolher qual plataforma utilizar, leve em consideração os seguintes pontos:

  • Descubra como é o processo de optin (inclusão de novos emails) e optout (quando o usuário deseja retirar o nome da lista);
  • Veja se a plataforma fornece modelos de emails pré-formatados – o que facilita muito, especialmente se você não tem familiaridade com linguagem de programação;
  • Verifique se os modelos de emails oferecidos são compatíveis com dispositivos móveis (celular e tablet);
  • Conheça um pouco sobre os relatórios de monitoramento que são oferecidos. Algumas informações básicas que esses relatórios devem conter são: taxa de entrega, taxa de abertura, taxa de cliques, número de novos assinantes e número de cancelamentos;
  • Verifique como é feito o suporte técnico para o caso de dúvidas e problemas.

Existem inúmeras ferramentas no mercado que fazem esse tipo de serviço. Desde o início do Mulher de Negócio utilizo o Mailchimp. O preço é justo, a interface é amigável e nunca tive grandes problemas.

Dica #2: Use a criatividade e se organize

Defina qual será sua abordagem e como será o tom da linguagem do seu texto – você ira enviar mensagens com “cara de email” ou irá preferir mandar no formato de “newsletter”?

Escreva os textos de boas vindas, faça um cronograma e planeje as primeiras mensagens. Assim você não corre o risco da pessoa se inscrever na sua lista e ficar muito tempo sem receber uma mensagem – e, assim, diminuir o interesse.

Nesse momento também é importante definir quais informações são necessárias para personalizar seus emails – e garantir que esses dados serão solicitados no momento da assinatura. Você pode personalizar suas mensagens, para isso deverá ter o primeiro nome da pessoa. Ou ainda, você poderá gerar listas diferentes de acordo com o interesse da pessoa – certifique-se de oferecer as opções no momento do cadastro.

Dica #3: Crie um padrão de mensagem

Na primeira vez poderá dar mais trabalho, mas, ao definir um padrão de mensagem, você ganhará tempo nos envios futuros.

Monte o cabeçalho, escolha as letras, cores e tamanhos que serão utilizadas no texto, faça um rodapé padrão com os links para os canais de contato da sua empresa (email, Facebook, Instagram, site, etc.). Inclua as mensagens de lembrete sobre como a pessoa entrou na sua lista e lembre-se de sempre oferecer a opção de optout (descadastramento)

Chegou a hora de colocar a mão na massa!

Vamos lá?! Confira algumas dicas para deixar suas mensagens mais atraentes:

Dica #1: Atenção ao título do email

Quando você estiver preparando seus e-mails, coloque-se no lugar de quem irá receber aquela mensagem, tenha em mente o que chama a atenção e o que fará aquela pessoa abrir a sua mensagem mesmo diante os milhares de emails que recebemos todos os dias.

Dica #2: Utilize imagens

Mostre seus produtos e crie uma relação pessoal por meio de mensagens que aproximem sua empresa da pessoa que está lendo o email.

Dica #3: Ofereça exclusividade

Cupons, códigos de desconto, novidades – são excelentes maneiras de gerar interesse, além de contribuir com as taxas de abertura e cliques.

Dica #4: Não peça demais

Restringir suas mensagens a vendas pode desgastar a relação com quem recebe os emails. Assim como nas demais mídias, o email marketing também requer uma estratégia de conteúdo de valor. Compartilhe informações que gerem interesse no seu público ao mesmo tempo que estejam em linha com o mercado que a sua empresa atua.

Dica #5: Atenção às respostas

Ao disparar uma campanha de email marketing é importante acompanhar as mensagens de resposta. Muitas vezes, a partir do recebimento de um email, a pessoa poderá entrar em contato com sua empresa para tirar dúvida, fazer sugestão, dar um elogio. Acompanhe esses retornos e sempre responda com agilidade.

Dica #6: O ponto principal da mensagem

Não tem nada pior do que um e-mail que inclui toneladas de chamadas, diferentes conteúdos, várias páginas de destino e, ainda, algumas ofertas de vendas.

Todo email tem que ter um objetivo de comunicação – seja compartilhar informações sobre um novo produto, contar sobre uma promoção exclusiva, coletar depoimentos, compartilhar conteúdo, etc.

Independente de qual é o seu propósito com aquela mensagem é importante que ele esteja claro.

Ao receber um email com várias mensagens e links provavelmente o usuário i’ra pensar: “Vou ler isso mais tarde…” – e dificilmente resgatará a mensagem.

Se você está mandando um boletim informativo onde vários links são inevitáveis, certifique-se cada artigo é claramente marcado e cuide para que o layout do email não fique carregado.

Dica #7: Incentive seus destinatários a agir

A partir da dica anterior, tenha em mente que uma chamada clara e concisa para a ação deve ancorar todas as campanhas de email. O que você quer que aquela pessoa faça: clique em um link, ligue para sua loja ou envie um email?

Quais são os três pecados das campanhas de email marketing – e como evitá-los!

Pecado #1: Desaparecer depois da mensagem de boas vindas

Ao configurar sua plataforma de disparo de emails você certamente definiu uma mensagem automática de boas vindas aos novos assinantes, certo? Agora é hora de manter esse relacionamento e não há nada pioro do que desaparecer e não enviar novos emails por um longo tempo.
É claro que se deve ter um cuidado especial para não exagerar na dose – e esse aprendizado só virá com o tempo – mas ao “esfriar” o contato você estará perdendo uma grande oportunidade de se relacionar com seus assinantes.

Defina uma regularidade e tenha um calendário de disparo que intercale dicas rápidas, conteúdos mais longos, ofertas, etc.

Lembre-se: seus assinantes não teriam se inscrito para sua lista se eles não estivessem interessados na sua empresa e/ou no seu conteúdo.

Pecado #2: Entrar em pânico quando as pessoas abandonam a lista

Receber as notificações de cancelamento te causa arrepio? Saiba que você não está sozinha (#tamojuntas).

Há uma série de razões pelas quais as pessoas decidem cancelar o recebimento dos emails e você não precisa se preocupar com a maioria deles. Se por algum motivo não houve conexão ou interesse esse é um filtro natural. Muito melhor do que ter uma lista com milhares de usuários desinteressados, é ter uma lista enxuta, porém com alto índice de envolvimento e retorno.

Uma dica extra: desative as notificações de cancelamento e controle a ansiedade de acessar a todo momento seu provedor de disparo para ver quantas pessoas deixaram sua lista.

Pecado #3: Enviar emails que não são compatíveis com dispositivos móveis

Um levantamento do IBGE apontou que 57% dos usuários de internet o fazem por meio de dispositivos móveis – smartphones e tablets. Se os seus emails não estão compatíveis, tenha certeza que grande parte dos seus assinantes estão tendo problemas para ler suas mensagens.

Por isso já destaquei nesse texto sobre a importância de ter um provedor de disparo de emails que garanta essa compatibilidade.

Ter sucesso nas suas campanhas de email marketing requer paciência, dedicação e estudo. Seguindo esse passo a passo tenho certeza que você será capaz de construir relacionamentos mais fortes com seus assinantes e se sentir confiante cada vez que você enviar um e-mail para sua lista.

/// Conteúdo complemetar /// Confira nesse post aqui 5 boas práticas para não sufocar seu cliente na hora de se comunicar com ele.